Nos primeiros dias após um acidente vascular cerebral, os bons cuidados de enfermagem centram-se na avaliação e prevenção de complicações. Uma vez que a pessoa está estável, a equipa hospitalar elabora um programa de reabilitação individual (muitas vezes inserida nos cuidados continuados), concebido em torno de necessidades específicas da pessoa.



Um AVC pode causar:
  • Paralisia ou perda do controle muscular, geralmente num lado do rosto e do corpo;

  • Dificuldades com a linguagem - falar, compreender o que as pessoas dizem, leitura e escrita;

  • Visão turva ou dupla, ou perda da visão;

  • Problemas de pensamento, memória, concentração e atenção;

  • Depressão, ansiedade, mudanças de humor e cansaço extremo.

A reabilitação é destinada a ajudar as pessoas, tanto quanto possível, a recuperar a independência, por reaprender as capacidades que perderam, aprendendo outras novas e a encontrar formas para gerir qualquer deficiência permanente.


Fisioterapeuta

A Fisioterapia ajuda nos problemas de equilíbrio, paralisia ou fraqueza muscular. O fisioterapeuta pode:

  • Desenvolver exercícios para melhorar o movimento e impedir que os membros fracos se tornem duros e dolorosos (espasticidade);

  • Ajudar a pessoa a sentar-se, movimentar-se com segurança e recuperar o equilíbrio;

  • Certificar-se que a pessoa está na posição correcta, seja deitado, sentado ou em pé.

Terapeuta da Fala

Vai avaliar as dificuldades de deglutição e de comunicação, e:
  • Recomendar soluções para os problemas de deglutição;

  • Falar com a família e amigos sobre o que podem fazer para ajudar a compreender e a comunicar;

  • Ajudar a falar, ler e escrever.


Nutricionista

Se a pessoa que teve um AVC tem dificuldade em engolir, perdeu o apetite, está abaixo do peso ou tem diabetes, um nutricionista pode desenvolver uma dieta nutricional segura e fácil de comer.

Terapeuta ocupacional

Todas as actividades diárias podem ser difíceis para as pessoas que perderam a sua coordenação e movimento, ou ter problemas com a visão. O terapeuta ocupacional pode:

  • Ensinar as pessoas a fazer as coisas por si mesmas, tais como se vestir, usar a casa de banho e lavarem-se;

  • Aconselhar sobre equipamentos úteis, como cadeiras de rodas e outros.

Oftalmologista

Um oftalmologista pode avaliar as dificuldades de visão e pode ser capaz de prescrever óculos especiais ou auxílios de visão.


Psicólogo Clínico

As alterações psicológicas que acompanham um AVC podem ser extremas e inesperadas. Um psicólogo clínico pode avaliar e intervir em:

  • Problemas emocionais, cansaço, alterações de humor, stress, ansiedade e depressão;

  • Dificuldades com os processos mentais: raciocínio, memória, reconhecimento, concentração e planeamento.


Um AVC é uma lesão cerebral
Testes hospitalares
Teste de deglutição
Testes ao coração e artérias sanguineas
Reabilitação
Do hospital para casa
253 812 547
Segunda a Sexta
Das 08h30 às 18h00
Sábado
Das 09h00 às 12h00