A equipa médica hospitalar executará uma serie de testes para descobrir aonde é que o AVC se deu, qual a gravidade e o que o causou ( um derrame no cérebro ou um coágulo no sangue). A este processo designa-se de avaliação.

É importante que estes testes se realizem o mais cedo possível, esteja a pessoa no ambulatório ou no hospital. Quanto mais rápido a pessoa que sofreu um AVC for diagnosticada e tratada, maior será a chance de recuperar. Um tratamento chamado de Trombólise poderá ser dado para alguns AVC's, mas para ser efectivo este terá de ser administrado dentro das primeiras 3 horas após o AVC.



Pressão arterial

Alta pressão arterial (hipertensão) é a causa mais comum de AVC. A tensão arterial da pessoa será medida imediatamente e, se necessário, será administrada medicação para estabilizar nos estádios iniciais após o AVC.


Electrocardiograma

Testa se existem ritmos cardíacos não usuais. Um tipo de ritmo cardíaco irregular, fibrilação atrial, é um factor de risco para o AVC.

Análises ao sangue

Podem verificar:

  • Níveis de colesterol;
  • Coágulos;
  • Nível de açúcar no sangue

Isto pode ajudar explicar porque é que alguém sofreu um AVC. Examinar amostras de sangue também poderá ajudar a confirmar se outras partes do corpo, como o fígado ou os rins estão saudáveis e se algum tratamento medicamentoso após AVC estará a fazer algum efeito colateral.



Imagiologia cerebral

Terá de se fazer um scan cerebral nas primeiras 24 horas após o AVC.

  • O TAC (Tomografia axial computadorizada) é uma forma de raio-x ao cérebro. O doutor pode injectar corante nas veias do paciente para ver os resultados mais claramente.

  • A Ressonância Magnética é feita numa máquina que usa ondas para produzir aspectos detalhados do cérebro.


Um AVC é uma lesão cerebral
Testes hospitalares
Teste de deglutição
Testes ao coração e artérias sanguineas
Reabilitação
Do hospital para casa
253 812 547
Segunda a Sexta
Das 08h30 às 18h00
Sábado
Das 09h00 às 12h00